O que é o ROE?

O ROE é uma das métricas mais simples de serem calculadas, porém é também uma das que pode trazer análises capazes de mudar completamente a sua percepção em relação a um determinado negócio.

Ele é capaz de auxiliar gestores a determinarem a lucratividade de um negócio de forma simples, prática e muito rápido. Por ser algo assim tão simples, é imprescindível que todo profissional que tenha interesse pelos indicadores de desempenho saiba tudo sobre o ROE.

Ao longo deste conteúdo você vai descobrir tudo sobre este indicador, incluindo o que ele é, como ele pode ser calculado e como o ROE pode ser melhorado. Confira:

O que é ROE?

 

O ROE representa o Retorno sobre o Patrimônio que uma empresa possui. Isto é, ele indica a capacidade que uma empresa possui de gerar valor para si mesma e para os investidores a partir dos seus próprios recursos.

É a partir do ROE por exemplo, que um investidor consegue determinar de forma clara se uma empresa é rentável o suficiente para que ele se torne um acionista, afinal, ele poderá ver qual é o lucro que é gerado neste negócio.

Ou sejam o ROE é um dos indicadores mais importantes para um negócio, pois ele acaba gerando um panorama geral da capacidade de produção de lucro que uma empresa possui.

Qual é a utilidade do ROE?

Embora já tenhamos citado aqui em cima alguns dos elementos que fazem o ROE tão importante, ainda não estamos nem perto de abordá-lo em sua totalidade.

Dito isto, é preciso reconhecer que a principal utilidade do ROE sempre estará ligada a sua capacidade de determinar o rendimento de uma empresa e o seu lucro líquido, sendo suficientemente capaz de apontar a performance da empresa em um determinado período.

Além disso, quanto maior é o ROE de uma empresa maiores são as chances de que os ativos que ela possuem gerem mais retornos, ou seja, maior é a sua capacidade de gerar capital por meio do patrimônio que já possui.

Como calcular o ROE

O cálculo do ROE sempre irá lhe trazer uma porcentagem, que irá mostrar de forma simples e clara a relação entre o lucro líquido que foi gerado em um período e o patrimônio líquido da empresa. A sua fórmula é:

ROE = Lucro líquido ÷ Patrimônio líquido

O lucro líquido do ROE é o que foi gerado dentro do ano fiscal, para que assim a conta se torne mais exata.  Já o patrimônio líquido é o resultado entre os ativos e os passivos de uma empresa ao longo do tempo.

Quanto maior for o Retorno sobre o Patrimônio que for obtido por meio dessa conta, maior será o retorno que essa empresa consegue obter com o próprio capital. Aliás, é importante ressaltar que isso vale tanto para grandes corporações como também para pequenas empresas.

Afinal, se uma pequena empresa consegue obter ótimos resultados no seu ROE, isso significa que mesmo possuindo um patrimônio mais enxuto ela consegue gerar um bom retorno percentual sobre ele. Isso deve se manter ao longo do crescimento da empresa, fazendo com que ela seja cada vez mais lucrativa.

Quais são os principais cuidados em relação ao ROE?

 

Existem empresas que possuem um excelente ROE mas que ao mesmo tempo não possuem uma saúde financeira adequada.

Isso muitas vezes está ligado ao GAF que ela possui, que geralmente é elevado. Ou seja, por mais que a empresa consiga gerar um bom retorno sobre o seu patrimônio, seu grau de alavancagem é tão alto que ela muitas vezes fica “no vermelho”.

As dívidas geradas por conta de empréstimos e investimentos de terceiros acabam gerando um grande problema para a empresa, que não consegue se tornar lucrativa por conta própria, o que acaba a comprometendo a curto e médio prazo.

Como melhorar o ROE de uma empresa?

Para começar, é importante deixar muito claro que não existe uma fórmula mágica a respeito de como aumentar o ROE de uma empresa. Isto é, esqueça a ideia de que apenas uma ação isolada vai ser capaz de impactar significativamente um negócio.

O ideal é que diferentes medidas sejam tomadas, para que assim o ROE possa começar a aumentar ao longo do tempo.

As principais ações que uma empresa pode tomar para aumentar seu ROE são:

Aumento de giro dos ativos

Uma maneira muito simples de melhorar o ROE de uma empresa é aumentando o seu giro de ativos. Dessa forma ela irá vender mais produtos em um período menor de tempo, fazendo com que seu lucro dê um grande salto.

Nesse mesmo processo devem ser analisadas as formas de pagamento que a empresa disponibiliza, pois elas devem ser reduzidas em termos de prazo, fazendo com que o dinheiro entre antes no caixa.

Claro, isso precisa ser feito de forma inteligente para que o consumidor final não se sinta desestimulado a efetuar a compra.

Diminuição do patrimônio líquido

O ROE é definido pela divisão do lucro líquido pelo patrimônio líquido, certo? Então uma estratégia muito simples para conseguir aumentar o ROE de uma empresa é diminuir o seu patrimônio, fazendo com que a maior parte do seu capital seja reutilizada na empresa.

Isso irá fazer com que o crescimento da organização seja “forçado” a acontecer, pois mais dinheiro será investido. Para fazer isso é necessário gerenciar os dividendos que são pagos para todos os sócios, de modo que todos concordem com essa iniciativa.

Aumento na alavancagem

Embora um dos principais perigos para o ROE seja a alavancagem, não há como negar que ela pode ser muito proveitosa para esse indicador quando feita da maneira certa.

Ou seja, ao se capitalizar com o capital de terceiros passa a ser possível aumentar os investimentos dentro da organização, o que irá potencializar o lucro líquido da empresa e melhorar sua performance.

Vale lembrar que todas essas estratégias devem ser aplicadas ao mesmo tempo. Aliás, elas obrigatoriamente precisam acontecer ao mesmo tempo, para que a empresa possa obter um bom resultado.

Como funciona o Software SaaS do IndicadoresInteligentes?

O IndicadoresInteligentes é um software SaaS para acompanhamento de métricas, KPI’s de forma fácil. Através dos recursos disponíveis no software, é possível gerenciar os mais diversos Indicadores da sua empresa de forma online.

Controle o crescimento, acompanhe a evolução da sua empresa, tenha uma maior previsibilidade do seu negócio com os mais diversos indicadores. Conheça os diferenciais do nosso software:

  • Perfis de Acesso;
  • Gráficos com range de datas;
  • Importações de fácil manuseio;
  • API de fácil integração;
  • Dashboard de Vendas, Financeiro, Atendimento, Contábil e de Clientes;

FALE COM UM ESPECIALISTA

Ficou interessado em outros assuntos relacionados a Indicadores? Confira também os nossos outros posts sobre indicadores de performance disponíveis aqui no Blog!